quinta-feira, 13 de fevereiro de 2014

Livro do Dia no Instagram

Livros são apaixonantes. Não me lembro bem quando comecei essa paixão pela leitura, mas acho que já escrevi sobre isso no Arquitetura do Nada. Só sei que tenho lembranças de desde criança devorar a coleção vagalume na biblioteca de Cachoeiro de Itapemirim (onde nasci), depois alguns de Anne Rice na adolescencia, até chegar aos clássicos da literatura.


Atualmente, leio muitos livros de moda (por causa do trabalho) mas estou voltando a ler literatura também. Vamos ver como isso começou?

Depois de dezembro e a loucura do Natal e muitos jobs, acabei tendo mais tempo para relaxar um pouquinho e, com isso, passei a tomar café da manhã na varanda e aproveitar para ler um pouquinho.

Comecei com Paul Auster e "A Invenção da Solidão" mas, não é um livro que consigo ler sem algum tempo de respiro, por isso fui alternando com outros.


De J.D. Salinger só conhecia The Catcher in the Rye mas, encontrei essa versão de Franny e Zooey em um sebo e comprei (assim como muitos outros que comprei durante 2013 e só foram se acumulando na estante) mas a história é apaixonante, daquelas que você não consegue mais parar de ler! E eu fico querendo ler tudo de uma vez ao mesmo tempo com peninha de terminar hihihi


Sim, eu leio vários livros ao mesmo tempo, principalmente se for poesia. Sabe, ler uma ou duas por  dia e depois retomar, purifica a alma, sei lá. Parece bobo? Talvez você deva experimentar :)

A teus pés, de Ana Cristina Cesar encontrei por acaso no Estante Virtual *-* É um livro que gosto muito, dos lidos na adolescência então virou minha pequena dose diária de poesia.


Quem viu minha wishlist de aniversário deve ter visto a biblioteca Manoel de Barros e, além de todos os outros que estavam na lista, ganhei a obra completa do grande poeta e estou lendo em ordem cronológica. São perfeitos para carregar na bolsa pois são bem levinhos. Um deles li em uma manhã, outros fico "economizando" rs até agora foram três.

A #hollyblueeyes me acompanha na missão, claro.


Em alguns dias, prefiro leituras mais leves. Na descrição sempre informo o nome do livro e falo algo sobre ele que tenha me chamado a atenção.


La Parisienne é uma das leituras leves mais gostosas e cheia de ilustrações fofas!


Mais Manoel (:


O já citado The Catcher in the Rye em uma das minhas passagens preferidas.


E, claro, as revistas também contam né? hehe


A ideia não é fazer resenhas, falar do que se trata os livros (mas quem quiser perguntar pode, tá?) e sim dividir o que escolhi para me inspirar naquele dia. Assim, tenho conseguido ler nem que seja ao menos um pouquinho todos os dias.

Nada de projetos grandes tipo "em 2014 vou ler dois livros por mês" porque isso nunca deu certo pra mim!
Acredito que, aos pouquinho, mesmo que lendo mais de um livro ao mesmo tempo (sempre fui assim) vou ter um ano cheio de boas leituras.

Quem quiser acompanhar meu #livrododia, é só seguir no Instagram @nayaratognere e aproveitem para me recomendar seus livros!

:)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...