terça-feira, 19 de novembro de 2013

Feriado em Santa Leopoldina

Viajar no feriado ou fim de semana é ótimo, acho que todos concordam. Ou não, já que ficar em casa lendo e assistindo seriados comendo pipoca seria ótimo também!

Raramente faço posts sobre viagens por aqui, geralmente falo sobre algum lugar específico que visitei. O último fim de semana foi (para mim) uma experiência inusitada já que sou mais urbana e acabei indo visitar cachoeiras em Santa Leopoldina!

Como foi um passeio diferente do que estou acostumada (cidade, baladas, museus, etc) resolvi dividir com vocês pois, ao contrário do que imaginei - confesso! - foi super agradável.






Começo falando da pousada Véu de Noiva, onde ficamos (na foto, fazendo a garota-propaganda-louca-do-look-do-dia), que era confortável, mas recomendo para quem curte um clima mais familiar, ou seja, se prepare para encontrar muitas crianças correndo por lá!

O lugar é bonito mas basicamente é essa entradinha que aparece na foto...


Depois disso tem a parte do restaurante, salão de festas, etc e essa ponte que vai para as piscinas com toboágua - a parte mais frequentada por crianças, claro. Mas tem aquele delicioso barulhinho de cachoeira e, quando chegamos, um friozinho super agradável!


Claro que eu fiz amizade com gatinhos rs


No sábado, o sol apareceu de mansinho, então partimos para conhecer as cachoeiras!


Na cidade existe o Centro de Informações Turísticas, onde você pode se informar bem sobre o local e pontos turísticos. Eu deveria ter tirado fotos da cidade pois todas as casas e comércios eram pintados com cores fortes e criava um conjunto lindo. Apesar de gostar de grandes cidades é impossível não se encantar com esses pequenos charmes de cidades pequenas!


A própria cachoeira Véu da Noiva nós não visitamos, passamos o dia procurando pelas cachoeiras legais da região e o lugar mais legal que encontramos foi a Cachoeira da Fumaça (que fica a +/- 4km da sede).


Obviamente fiquei encantada com essas pedras imaginando mil editoriais! rs Caminhando sobre estas pedras passávamos por vários lugares com quedas legais para quem curte nadar (eu não cheguei a tanto! haha). Foram algumas horas andando e apreciando a beleza.


Depois de caminhar bastante nas trilhas e nas pedras, voltamos a tempo de ver o sol de pôr e beber uma cervejinha com essa vista linda (:


O registro com o timer da câmera (depois de muitas tentativas!)


Mas, como dizem, o que é mais difícil é melhor. No último dia (domingo) já voltando para casa decidimos procurar outra cachoeira. Nos informaram que a cachoeira de Moxafongo era perto dali, maaaas não era tão perto assim e foi a mais complicada para chegar. Muito mato, caminho longo, mosquitos, pedras, subidas, descidas e PAH! Essa vista super valeu a pena!


Adorei ter saído da minha confort zone e experimentar algo que, se dependesse de mim, não teria acontecido. Inclusive, fica a dica de que nem precisamos ir muito longe para descobrir lugares lindos. Espero dar mais voltas pelo Espírito Santo e mostrar mais lugares legais pra vocês.

xxx
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...