quinta-feira, 25 de julho de 2013

Vitória Moda 2013

O Vitória Moda 2013 começou na última terça mas só ontem eu fui lá conferir o que estava rolando.

Logo na entrada, próximo ao café, estavam expostos trabalhos de estilistas capixabas e foi uma das coisas que mais gostei, embora acho que ao mesmo tempo que estar "no meio" do caminho é legal pra ser mais acessível pode ficar um pouco desconfortável para apreciar.





O primeiro é da Luisa Mendes, com imagens de Orlando da Rosa Farya e foi chamado de vestido/casa, "o elo entre o dentro e o fora, e o universo é seu quinta, como diria Adélia Prado". Um dos meus preferidos.



 Amei também as estampas de Maria Sanz Martins, esta é a primeira coleção Sweet Disposition, inspirada no lifestyle australiano, onde a artista viveu. As estampas tem cores vibrantes em tecidos como seda e cetim.



O trabalho de Jacqueline Chiabay é baseado na sustentabilidade com tramas e tiras em resíduo de couro realizado em parceria com artesãos de areas rurais do Espírito Santo que capacita mulheres em penitenciárias do estado. Além de sustentável também tem o aspecto social. Muito bom.







Também estão expostos artesanatos de várias marcas e tem muita coisa bonita, principamente para quem gosta de tudo maxi!








Amei esse!




O trabalho Novas Marias produzidas por mulheres do sistema prisional capixaba:


 Os alunos do curso de design de moda da FAESA também tiveram oportunidade de mostrar seus trabalhos na disciplica História da Moda em looks para bonecas com produções a partir do século XV, teve tailleur bar, Mondrian dress, Marilyn Monroe e até o vestido de noiva de Kate Middleton.

E quem não gosta de ver roupinhas em boneca, né?! Eu amo! (fazia vestidos para as Barbies, claro!rs)









E depois teve o desfile da Amabilis, marca que eu conheci há pouco tempo e gostei muito. O desfile teve
trilha de Madonna (a cláaaassica Ray of Light rs). A inspiração veio da geometria e profundidade de Escher msiturada a estampas que tem todo o clima brasileiro sem ser caricato.

Entre nudes e geométricos, a cor eleita pela marca foi, sem dúvida o amarelo entre florais que também apareceram em modelos geométricos, tudo em tecidos muito leves, com muito movimento. Os recortes formam detalhes inusitados e com uma sensualidade mais velada (ou seja, muito mais sexy!) e caimento perfeito.

Amei os acessórios, a sandália com salto bloco (ufa, vai ser mais fácil encontrar saltos confortáveis nov erão, gente!), bolsas quadradinhas, maxibrincos (tô amando!) e braceletes. Ah, teve também vestido com calça (trend que as semanas de moda européias já apresentaram há algumas coleções e que já tentaram fazer pegar no Brasil, será que agora vai?

E os lenços: na cabeça, amarrado na bolsa, no pescoço... pode apostar: se você ainda não usa, vai usar! 



Decoração bem colorida, amei!



#InstaTime Nos corredores com Juliana Morgado, Viih Backer e Thainá Castro:


Hoje tem palestra com Victor Dzenk às 14h com o tema "Processo criativo de desenvolvimento de coleção" e eu estarei lá. ;)
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...