terça-feira, 12 de fevereiro de 2013

Anos 20 como inspiração para a moda

Sempre tenho referências em décadas passadas, seja os filmes da década de 90, a música da década de 80, os vestidos da década de 50, a arte (de quase todas rs), literatura... basicamente todos os artistas que eu gosto já morreram há MUITO tempo hehe

Quanto à moda, sempre preferi a década de 50, que é bem romântica, mas quando assisti "Meia Noite em Paris" me sinto um pouco como Gil (personagem de Owen Wilson). O figurino do filme é incrível e depois de alguns livros, filmes e algumas pesquisas por esta década, acabei fascinada pelos années folles, mais que qualquer outra década que eu tenha sido obcecada rs



Por falar em figurino, já contei aqui no blog o quanto estou ansiosa pelo The Great Gatsby, o figurino - da Prada, como escrevi no blog das lojas Metal Nobre tudo é muito incrível, já dá pra esperar muito pelas fotos e trailer. Inclusive o livro homônimo (de F. Scott Fitzgerald) em que se baseia a obra é um dos meus preferidos,se passa na década de 20 (claro) é uma ótima leitura para quem quer começar um mergulho nessa década fascinante.



Era uma época de liberdade, frivolidade, transgressão e luxo. Depois da guerra o que as pessoas queriam era se divertir, foi o fim do pensamento romântico.


As mulheres estavam livres do espartilho, usavam vestidos curtos e decotes, a silhueta era tubular então era permitido deixar um pouco mais de pele à mostra, os cabelos eram curtos "à la garçonne", a pele muito branca, sobrancelha fina, olhos delineados e batom vermelho.




Os acessórios preferidos eram o colar de pérolas (vários deles), o chapéu clochê, brincos longos, anéis, leques, pulseiras e franjas onde fosse possível. As pulseiras eram leves e flexíveis "abraçando os pulsos" e os brincos deviam dar uma sensação de movimento, usava-se broches para prender a roupa ou lenços.


Foi o auge da art déco (decorativa) que levou a inspiração geométrica para a arquitetura, cinema, pintura e, entre outras áreas, também a moda. Ressaltava uma simplicidade de estilo, ao mesmo tempo em que usava-se diamantes sobre platina, pequenos detalhes de cor em safiras, rubis ou esmeraldas

Isso me lembrou a exposição "Do Art Nouveau ao Art Déco" que eu vi no CCBB-RJ ano passado, que apresentava coleções de jóias desses períodos (1890-1939), objetos incríveis, relógios, porta joias, brincos, tudo com tanto detalhe, um preciosismo que não se vê mais.





Anúncio de maquiagem:
Moulin Rouge

Uma mulher que personifica muito bem essa imagem dos anos 20 é a Louise Brooks, uma atriz que começou a carreira em Hollywood em 1925 e participou de vários filmes importantes da época tornando-se um ícone da década por causa do seu estilo.


O que eu queria mesmo ter feito neste Carnaval era ter ido à alguma festa só para usar uma fantasia inspirada nos anos 20 sem parecer louca ;) Mas com algumas referências já dá pra colocar o estilo nos dias atuais sem parecer que está fantasiada (embora a Katy Perry não tenha ligado muito pra essa dica)

;)





Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...