segunda-feira, 29 de outubro de 2012

Clube dos Corações Solitários

Há algumas semanas encontrei "Clube dos corações solitários" entre os meus livros e li alguns trechos. Aliás, não é a primeira vez que isso acontece, já não sei mais quantas vezes eu li e desde a primeira vez se tornou um dos meus livros preferidos da vida! Também não lembro como eu conheci (provavelmente uma indicação de amigo) mas é uma das lembranças mais fortes da minha ~adolescência~ (não é o momento da fazer contas, amiguinhos!)

São aquelas fases que todo mundo passa, de se apaixonar, de não ser correspondido, de finalmente conseguir aquele beijo, de se arrepiar vendo um show ou escutando sua música preferida no carro, de participar das listas (é, ele faz listas. Não são top 5 como o Alta Fidelidade mas ainda assim, listas). Impossível não se identificar com o Spit em tantas características, principalmente descobrir as bandas que se tornariam minhas preferidas para sempre.

Hoje eu não indico mais o livro pra ninguém, acho que se eu mesma o descobrisse agora talvez não faria tanto sentido. Mas com certeza quem conseguiu ler durante um certo período da vida - quando as nossas preocupações eram ter grana pra comprar um cd novo - guarda muitas lembranças. Então, aproveitando o Dia do Livro, fica aqui a minha #dica ;)



Ah, Andre Takeda também escreveu uma série de contos "Um adolescente nos anos 80" que vale a pena pela nostalgia de lembrar das músicas e sensações que ele conta sobre suas confusões amorosas. Afinal, #quemnunca? Os contos estão aqui e  eu já adiantei a playlist das 10 músicas que servem de trilha sonora:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...