domingo, 30 de janeiro de 2011

o poeta fingidor

Exposição: Fernando Pessoa, plural como o universo
de 24/08/2010 a 20/02/2011 no Museu da Lingua Portuguesa, em São Paulo













Eu já tinha muita vontade de conhecer o Museu da Língua Portuguesa, tive sorte em pegar essa exposição do Fernando Pessoa, que é um dos meus escritores preferidos. Apesar de não ter lido muita coisa, o "Livro do Desassossego" fica (literalmente) na minha cama, sempre pego pra ler alguns trechos pelo menos. Essa era a exposição temporária, ainda tem muita coisa legal, nos vídeos e painéis dá pra conhecer várias coisas sobre nosso idioma, uma das mais interessantes são os jogos interativos em que você brinca com as palavras e suas origens. Até o elevador tem a "Árvore de Palavras", uma escultura de Rafic Farah com palavras de vários idiomas que contribuiram na formação do português falado no Brasil. Não tirei foto de tudo, só dos trechinhos do Fernando Pessoa mesmo. Definitivamente, o que eu mais gostei no museu foi a "Praça da língua", uma sala onde são projetadas imagens e áudio como uma antologia da literatura na língua portuguesa. Ficar ali sentada só escutando trechos dos meus livros preferidos ou coisas que ainda não tinha lido era uma experiência indescritível. E eu comecei a pensar no quanto nossa língua é bonita e no poder que ela tem. Sei que muita gente fala isso mas quando eu vejo os meus amigos conversando e falando coisas aleatórias em outros idiomas no meio da frase, especialmente se for algo mais íntimo é que se percebe isso de verdade. Eu mesma quando preciso ter uma conversa mais "séria" ou mais "íntima" não consigo falar em português. Então, tá provado: língua portuguesa é só pra quem tem coragem.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...