sábado, 4 de dezembro de 2010

80 anos com godard



Hoje estréia no Brasil "Filme Socialismo", o mais novo trabalho de Jean-Luc Godard, que hoje completa 80 anos. O cineasta franco-suíço começou sua carreira como crítico de cinema e, junto com François Truffaut, Jacques Rivette e Erik Rhomer, criou a Cahiers Du Cinéma.
Foi casado com a atriz dinamarquesa Anna Karina, que atuou em sete de seus filmes, entre os quais O demônio das onze horas (Pierrot le fou – 1965). Nele, dois amantes fogem da rotina e da realidade para uma vida de aventuras, se envolvendo em perseguições, assassinatos, fugas. Amantes em busca do amor e conscientes das dificuldades ou impossibilidades do mesmo, mas sempre vivendo suas vidas com intensidade. Um dos melhores momentos do filme é Marianne Renoir insitindo em chamar Ferdinand de Pierrot, no que ele responde irritado “Je m ´apelle Ferdinand” (Me chamo Ferdinand).



"Uma mulher é uma mulher" (Une femme est une femme - 1961) também com Anna Karina e Jean-Paul Belmondo é um filme (como o título anuncia) sobre as mulheres, mas representadas em uma mulher. Angela (Karina) é uma dançarina que quer ter um filho e tenta convencer seu namorado Émile (Jean-Claude Brialy) que se recusa, então ela decide recorrer ao vizinho Alfred (Belmondo), que então se revela apaixonado por ela. Um misto de comédia, drama e musical com três ícones da nouvelle vague no elenco.



“Ângela, tu est infâme!”
“Non, je ne suis pas infâme. Je suis une femme.”


Dois filmes lindos e ambos com Anna Karina, minha atriz preferida <3 até mais que Audrey Hepburn.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...